Globo bloqueia conteúdo postado pela Brasil Sem Violência na Mídia

aaa












Caros amigos, amigas, companheiros e companheiras deste movimento de bem.
A maior rede de televisão do Brasil bloqueou a cena de extrema violência que postamos no YouTube, por ela mesma veiculada em novela de grande repercussão e que invadiu os lares brasileiros e expôs nossas crianças e jovens a cena violenta e chocante sem qualquer cerimônia.
Envidaremos esforços para reverter esta censura a fim de que as pessoas tomem consciência do mal que esta violência que penetra em nossos lares sem pedir licença causa a todos, especialmente às crianças e jovens.
Confiamos que somente unindo as forças vivas deste país conseguiremos modificar esta situação extirpando este câncer causador de desavenças familiares, prejudicial à formação da infância e juventude e gerador de clima psicossocial adverso à convivência harmônica do nosso povo ao arrepio da Constituição (http://migre.me/guzpF) e que solapa os valores da família.
O apoio das pessoas de bem, educadores, jornalistas, advogados, empresários, etc., pais e mães de família é fundamental para fortalecer este movimento e reverter este quadro danoso ao interesse dos brasileiros, fazendo ver aos responsáveis que o objetivo principal da concessão midiática é a educação e a cultura através de programações sadias e benéficas à população.
Não é fácil entender como esta emissora, uma das mais ferrenhas defensoras da liberdade de imprensa – o que é muito válido – oponha-se a uma expressão livre e bem intencionada como a deste movimento. Fica difícil compreender que interesses menos nobres prevaleçam sobre o interesse social!