A rã surda - a palavra tem poder de vida e de morte


Um grupo de rãs atravessava uma floresta quando, de repente, duas delas caíram em um poço.

Todas as outras rãs se reuniram na beira, notando o quão profundo o poço era. Concluíram que estavam irremediavelmente perdidas, já que não havia a menor chance de elas escaparem.
Então, disseram a elas que nenhum recurso havia que pudesse salvá-las e que, para fins práticos, deviam considerar-se mortas.
As duas rãs, ignorando os comentários, continuaram tentando com todas as suas forças sair do poço.

As outras continuaram a gritar, com insistência, que seus esforços seriam inúteis.
Uma delas acabou dando ouvidos aos argumentos, desistiu de lutar e caiu morta.
A outra, pelo contrário, continuou a saltar tão alto quanto podia.
Mais uma vez, a multidão de rãs gritava e fazia sinais, dizendo da inutilidade da sua tentativa, procurando convencê-la de que o melhor era desistir de tão infrutífero sofrimento e se conformar com a morte, já que nenhum sentido havia naquela luta inglória.

Mas a rã pulou com forças cada vez mais crescentes até que... enfim... conseguiu sair do buraco.
As outras rãs se aproximaram dela e disseram:
- Nós estamos contentes que você tenha conseguido sair do poço, apesar da nossa gritaria para você desistir! Diga-nos: como reuniu tanta força para conseguir praticamente o impossível?!

A rã, então, lhes disse que era surda e pensou que os gritos eram de incentivo para ela sair do buraco, animando-a para superar-se cada vez mais, o que acabou conseguindo.

MORAL DA HISTÓRIA
A palavra tem poder de vida e de morte.
Uma palavra para encorajar alguém decaído pode ajudá-lo a se levantar e superar seus problemas e condições.
Uma palavra desanimadora... pode levá-lo à destruição total.
É por isso que devemos ter todo o cuidado com o que sai de nossas bocas, tornando-nos pessoas especiais, a fim de utilizar nosso tempo para encorajar os demais.

REFERÊNCIAS RELACIONADAS
Nos Estados Unidos, a NASA afixou um cartaz de uma abelha onde se lê o seguinte:
“Aerodinamicamente, o corpo de uma abelha não foi feito para voar. Para sua felicidade, a abelha não sabe disso”. Parece querer nos dizer: “não se deixe desanimar pelos comentários”.

CONCLUSÃO
É essencial que façamos ouvidos surdos para as coisas negativas e comecemos a aplaudir e fazer algo positivo durante o tempo em que vivemos; isso é muito melhor para todos!