Televisão em excesso causa obesidade


Crianças e adolescentes que passam muito tempo na frente de telas - especialmente a televisão - tendem a ganhar mais peso conforme envelhecem, de acordo com um novo estudo desenvolvido na Harvard School of Public Health. Os resultados foram publicados dia 25 de novembro na revista Pediatrics.

Foram acompanhadas 4.300 meninas e 3.500 meninos entre nove e 16 anos, sendo que 17% delas estavam com sobrepeso ou obesidade, e 24% dos garotos estavam também acima de um peso saudável. As crianças responderam um questionário a cada dois anos com perguntas sobre a sua altura e peso, bem como a quantidade de tempo que passavam vendo TV, DVDs e jogos de computador ou vídeo game. De uma pesquisa para outra, cada uma hora a mais de TV que as crianças assistiam diariamente foi relacionado a um aumento de cerca de 0,1 pontos no índice de massa corporal (IMC). Essa é uma diferença de cerca de meio quilo por hora extra de TV. Os cientistas afirmam que essa tendência pode começar na infância e se estender até as idades mais avançadas.

Segundo os especialistas, crianças que assistem mais televisão se expõem a comerciais e imagens de refeições, que podem sinalizar para o seu cérebro que você precisa comer. Além disso, ficar sentado assistindo televisão, usando o computador ou mesmo jogando um vídeo game cria um estado de hibernação em nosso corpo, que passa muito tempo na cadeira ou sofá.  Isso deixa a atividade do organismo mais lenta e reduz o período disponível para atividade física, contribuindo para a perda de peso.

Os autores afirmam que resultados como esses servem de alerta para os pais, que devem reduzir o tempo das crianças em frente às telas, seja televisão, computador ou vídeo game.

Televisão é desculpa para vida social sem graça e saúde frágil.

Filmes, novelas, telejornais, programas de auditório: a televisão traz informação, entretenimento, emoção e uma solução prática para as horas de tédio. Mas, se você abusa do aparelho, pode acabar prejudicando a sua saúde. "Precisamos guardar um tempo para trabalhar, estudar e se divertir", afirma o psicólogo Tiago Lupoli, da clínica CEAAP. "Ficar muito tempo na frente da televisão acaba roubando o tempo que você usaria para outras atividades". Nem sempre, entretanto, é simples identificar quando a televisão serve como escape para a monotonia ou, ao contrário, é o que originou os momentos sem graça. Para ajudar a responder essa dúvida, especialistas fazem um apanhado dos principais problemas que surgem em consequência do exagero em frente ao aparelho, se você for vítima de dois deles ou mais, vale a pena rever seus hábitos.

Fonte: Minha Vida